Como escolher o bolo de casamento perfeito? Temos 5 ideias pra você

Como escolher o bolo de casamento perfeito? Temos 5 ideias pra você

Escolher o bolo de casamento perfeito nem sempre é uma tarefa fácil. São muitas as decisões que os noivos têm que tomar durante o planejamento da celebração, e essa pode ser uma daquelas que faz toda a diferença no resultado final.

Por isso, no post de hoje, trouxemos 5 ideias que você deve levar em consideração na hora de definir como será esse quitute, que é uma das estrelas da festa. Confira!

1. Considere a quantidade de convidados

A primeira coisa na qual você deve pensar é na quantidade de convidados. Em geral, para definir o número de fatias (de 100 g) — e, consequentemente, o tamanho do bolo — considera-se entre 30% e 60% do número de convidados.

O que vai ajudar na definição da quantidade é o menu da festa. Em eventos noturnos, especialmente quando há jantar e sobremesa, é possível reduzir o número de fatias. Já quando se trata apenas de um bolo com champanhe, o consumo tende a ser maior — considerando-se até 100% dos convidados na conta.

2. Tenha atenção ao tamanho

O tamanho, em especial a altura, não deve ser ignorado. Da mesma forma que bolos muito pequenos podem “sumir” em meio à decoração, os muito altos podem acabar se destacando demais e tirando o protagonismo dos noivos.

O ideal é que seu tamanho seja pensado em relação à composição da mesa — arranjos, bandejas etc. — e à estatura dos noivos, de forma que ele não seja maior que o casal.

Uma forma de resolver isso é utilizando bolos “fakes” — também chamados cenográficos. Enquanto um dos andares será do quitute verdadeiro, os outros servirão apenas para compor a decoração. Assim, é possível adequar o doce à altura ideal. Nesses casos, os confeiteiros enviam o número de fatias contratadas já cortadas para serem servidas aos convidados.

3. Mantenha uma identidade visual

O bolo faz parte da composição visual da festa. Portanto, sua ornamentação deve manter uma identidade que dialogue com o que foi pensado para o espaço como um todo.

Imagine, por exemplo, que a decoração foi toda criada com base nas cores azul, prata e branco. Agora pense, dentro desse cenário, em um bolo todo confeitado em detalhes na cor vermelha. Fica incoerente, não é?

Além das cores, pense também no estilo da festa: as mais tradicionais pedem bolos nessa linha, enquanto as com um tom mais rústico ou boho aceitam naked cakes, por exemplo.

4. Escolha um sabor democrático

É claro que o gosto dos noivos deve ser levado em consideração, mas lembre-se: os seus convidados também precisam ser agradados. Sendo assim, é interessante escolher sabores mais democráticos, daqueles que todo mundo — ou quase todo mundo — ama:

  • brigadeiro;
  • baba de moça;
  • doce de leite;
  • beijinho.

5. Não se esqueça do topo de bolo

O topo de bolo é o toque final na decoração da mesa principal e do próprio bolo. Aqui, vale usar a criatividade e escolher um que tenha a cara de vocês dois! Mas não se esqueça de que é importante manter alguma coerência visual com o resto da festa, conforme já mencionamos.

Outro ponto a levar em consideração é o tamanho desse enfeite. Ele deve ser proporcional ao bolo como um todo. Por isso, deixe para escolhê-lo apenas após definir todo o resto.

Com essas ideias que trouxemos para você, temos certeza de que ter um bolo de casamento perfeito ficou muito mais fácil!

E aí, as dicas foram úteis? E a fim de continuar te ajudando a ter a festa dos sonhos, criamos um material especialmente para você. Baixe o e-book “Planejando o seu casamento” e aprenda a organizar tudo para o seu grande dia!

Avatar

Teresa Lamas

Somos especialistas no planejamento e na organização de eventos pessoais e empresariais.