Banda ou DJ: o que é melhor na festa de casamento?

Banda ou DJ: o que é melhor na festa de casamento?

Uma festa de casamento sem música não existe, certo? É por isso que escolher o fornecedor adequado para garantir a animação na pista de dança é tão importante. Mas o que é melhor para fazer os convidados dançarem: um DJ ou uma banda?

Neste post, vamos mostrar os prós e contras de cada estilo para ajudá-los a tomar a melhor decisão e a mais condizente para o que vocês sonham no grande dia. Confira!

O que considerar na hora de escolher um fornecedor de música?

Antes de bater o martelo entre DJ ou banda, é necessário considerar alguns aspectos relevantes na contratação desse serviço:

  • Defina o orçamento disponível, já que o preço varia muito de um serviço para outro. 
  • Pense no local da festa, pois para montar o equipamento de uma banda ou DJ é necessário espaço. 
  • Considere a duração da festa, que impacta diretamente no valor do serviço contratado. 
  • Não esqueça que o estilo do casal também influencia na decisão. Por exemplo, se o casamento for temático, uma banda que toque músicas específicas seja mais recomendado do que um DJ, que geralmente tem uma playlist mais eclética.

Quais as vantagens e desvantagens de um DJ?

O DJ é bem procurado, especialmente, por ser uma opção mais econômica, pois não tem muitos equipamentos e é apenas um profissional. Também é mais comum que os DJs executem as músicas nas suas versões originais, o que agrada bastante a plateia.

Outra vantagem em contratar um DJ é a possibilidade de escolher o repertório, oferecendo uma variedade maior de estilos musicais, o que ajuda a agradar não só os noivos, mas também os convidados da festa.

Um ponto negativo é que o DJ interage bem menos com os convidados, não atraindo tanto a atenção das pessoas para a pista, principalmente se for um público mais tímido.

Quais os prós e contras da banda?

A banda é a escolha mais tradicional e animada para uma festa de casamento, já que a interação com os convidados estará garantida. Os cantores podem fazer brincadeiras, descontrair o público e tornar a festa mais divertida.

Mais um benefício é que algumas bandas tocam um musical específico, podendo refletir mais a personalidade e o estilo do casal. Por exemplo, se os noivos gostam de sertanejo, é interessante contratar uma dupla para cantar na festa.

Contudo, o repertório específico pode ser um problema, pois se um convidado pedir uma música que fuja desse roteiro, a banda não conseguirá executar. Afinal, uma boa banda é resultado de muitos ensaios e não improvisações a todo momento, não é mesmo?

A banda também exige um orçamento maior do casal, pois são mais profissionais envolvidos. Há ainda uma quantidade maior de equipamentos a serem transportados, encarecendo a logística e o valor final.

Por fim, não importa se será DJ ou banda, mas sim a música e a alegria dos noivos, amigos e familiares no dia da festa. Então, pense com cuidado na escolha do profissional e pesquise muito antes de fechar negócio. Depois de cumprir esse “dever de casa”, só temos uma recomendação: se jogue na pista de dança!Gostou dessa dica? Pois saiba que a animação em uma celebração vai além da música. Veja aqui 6 dicas de como tornar a sua festa mais divertida!

Avatar

Teresa Lamas

Somos especialistas no planejamento e na organização de eventos pessoais e empresariais.