Traje do noivo: o que é importante saber?

Traje do noivo: o que é importante saber?

Em um passado não muito distante, durante a preparação para o casamento, era comum pensar no vestido da noiva e deixar o traje do noivo em segundo plano. 

Ainda bem que os tempos mudaram, não é mesmo? Hoje, podemos afirmar que o homem está dividindo o protagonismo do grande dia com a mulher, o que é muito mais justo. Afinal, casamento envolve duas pessoas que se amam e esse momento precisa ser especial para ambos.

Nesse sentido, olhar para as necessidades do noivo tem sido um ponto importante para a cerimônia e, claro, isso inclui a sua vestimenta. No entanto, ainda se tem muitas dúvidas para encontrar o traje perfeito. É por isso que separamos algumas dicas preciosas para fazer a escolha certa. Confira!

Estilo

Quando falamos no traje do noivo, precisamos considerar o estilo: tanto pessoal, quanto da cerimônia. Não adianta insistir que seu futuro marido use um fraque, se o casamento será ao ar livre ou se ele é mais despojado. Simplesmente, não será confortável!

Então, converse com o seu noivo para saber qual tipo de roupa o deixa mais à vontade e o que ele gostaria de usar. Também leve em consideração para essa escolha, o dia, o local e a estação do ano em que acontecerá o seu casamento.

Modelo de traje

Há vários tipos de trajes para os noivos que vão além do terno, embora esse seja o mais tradicional e o mais democrático quando se pensa em diferentes estilos de casamento, ou seja, combina com tudo! 

Além do terno, existe os seguintes trajes:

  • Fraque: caracterizado pela cauda no paletó e a calça riscada – mais larga – com um colete a mostra. Ideal para casamentos bem tradicionais.
  • Meio-fraque: é uma adaptação brasileira do clássico fraque. Como o clima no Brasil é mais quente, a cauda do paletó foi encurtada e o tecido é mais leve.
  • Smoking: esse modelo possui paletó com lapela de cetim, faixa de cetim, colete e gravata borboleta. É mais usado em casamentos luxuosos, sendo uma boa opção para cerimônias noturnas e durante a tarde.

Também é importante pensar na cor ao escolher o modelo. Se o casamento for de manhã, prefira trajes bege, azul e cinza claros. Já se a cerimônia for a tarde, tons de azul e cinza caem bem. Para a noite, opte por preto, azul marinho ou cinza chumbo.

Acessórios

Quem disse que os homens não precisam se preocupar com acessórios? Eles fazem toda diferença para o traje, trazendo mais personalidade e elegância. Os mais comuns são relógio e abotoadura. 

Quanto ao primeiro item, é só se atentar a cor, que deve combinar com o cinto e o sapato. Já nas abotoaduras, o noivo pode ousar mais, usando desde alguma tradicional ou até mesmo optando por algo mais inovador, como o escudo do seu time do coração.

Além disso, tem dois itens importantes que não podem ficar de fora do traje do noivo: a gravata e a flor da lapela. O que determina o estilo da gravata é o traje escolhido. O ideal é que coordene com o vestido da noiva, para dar mais harmonia durante o cortejo e nas fotos. Por isso, as cores prata e pérola são as mais coringas. Lembrando que esse é o item que destaca o noivo dos padrinhos, então, escolha uma gravata bem especial.

Já a flor de lapela simboliza a união entre o noivo e a noiva e é sempre igual as flores usadas no buquê. Por isso, na hora de escolher o buquê tenha em mente que ele deve ornar com o traje do seu amado.

Prova

Assim como as noivas, os noivos também precisam fazer a prova do terno, de preferência, mais de uma vez. O caimento correto é fundamental para garantir conforto e beleza para a cerimônia. Logo, experimente a roupa, inclusive, já usando o sapato da cerimônia que é para não ter erro!

Ao seguir todas essas dicas, a decisão pelo traje do noivo ficará mais simples. Mas não custa reforçar: o mais importante nesse processo é que o noivo se sinta feliz e confortável com a sua roupa para a hora do sim.Quer mais inspirações sobre casamentos? Então, siga o nosso perfil no Instagram!

Avatar

Teresa Lamas

Somos especialistas no planejamento e na organização de eventos pessoais e empresariais.